Joana, Tarleton State University

joana, tarleton state university

Joana, Tarleton State University

Por que você escolheu para estudar em os EUA?
Eu tenho uma licenciatura (Bachelor of Arts) da Universidade do Colorado. A licenciatura não é suficiente no atual ambiente de trabalho. Um mestrado de uma escola norte-americana tem vantagens concretas.

O que você mais gosta sobre a escola?
O pessoal! Eles são super e estão dispostos a ajudar em cada passo do caminho.

O que você mais gosta em Fort Worth?
Fort Worth é grande o suficiente para ter várias atividades interessantes para fazer, e ainda, pequena o suficiente para que você não se sinta perdido na complexidade.

Você enfrentou qualquer tipo de “choque cultural” ao chegar?
Sim. Natural do Brasil e no meu caso, vinda da Rússia, o choque cultural é enorme. No entanto, é de uma forma maravilhosa. Sinto-me segura! Além disso, para mim a cultura de Fort Worth tenta nutrir os cidadãos cumpridores da lei e recompensa aqueles que estão dispostos a fazer parte da comunidade. Pequenas coisas como limpar depois de seus animais de estimação em locais públicos, pequenas cortesias ao segurar uma porta aberta, dando o direito de passagem, e saudações amigas, são uma mudança refrescante da fria Moscou e da atmosfera corrida de “cão come cão” em São Paulo.

Você tem algumas dicas para poupar dinheiro enquanto estudava no exterior?
Coma fora o menos possível! No início, frequentar restaurantes é bem legal. As porções são enormes! No entanto, depois de um tempo, você percebe que você pode cozinhar em casa e economizar muito dinheiro. Além disso, se você precisar comprar eletrônicos ou objetos mais caros, seja paciente! Procure e espere por boas liquidaçoes!

Como você acha que você se beneficiará do seu estudo no exterior?
Na minha experiência de trabalho, entrei em contato com um muitas pessoas bem-educadas e de um modo geral aqueles que têm um mestrado/doutorado de uma escola dos Estados Unidos têm uma vantagem distinta sobre todos os outros. Parece que os graduados dos EUA podem resolver problemas mais rápido e priorizar melhor.

Que conselho você daria para um estudante brasileiro que irá viajar para o exterior para estudar pela primeira vez?
Eu recomendo que todos deixem de lado  tudo que eles pensam que é bom ou ruim sobre o Brasil e tentem mergulhar na sociedade norte-americana, criando amigos e tentando estabelecer contato com todas pessoas.