Islene Façanha, Wessex Academy

Islene Façanha in the UK

Islene Façanha, 27 anos

Origem: Rio de Janeiro

Estudando: Inglês

Por que você escolheu estudar na Wessex Academy?

A escolha de estudar na Inglaterra foi devido o meu encanto pelo sotaque britânico e pela história britânica, desde quando eu era pequena. Eu estudei na Wessex academy porque meu curso de inglês no Brasil tinha convênio com o instituto que estudei na Inglaterra.

Do que você mais gosta nessa escola?

O que mais gostei na escola foi o ambiente, além do ambiente internacional  com alunos de várias partes do mundo, foi o estilo de ensino que foi um diferencial. O ensino era dinâmico e que exigia o nosso esforço para comunicação e compreensão das mais diferenciadas situações.

Você fez parte de algum clube ou associação?

Fizemos um clube de dança no qual mesclamos danças latinas para aprendizagem de todos e apresentamos em uma festa chamada “international party”. Foi uma experiência muito boa ver todos a tentar dançar samba, salsa, bachata, dentre outros ritmos latinos.

Do que você mais gosta no Reino Unido?

Como Brasileira, fiquei perplexa com a mobilidade urbana da cidade. Eu estudei em Poole, mas visitei várias outras cidades na Inglaterra, como Londres. A boa infra-estrutura, a educação, a organização dos britânicos e a questão histórica me encantaram.

Quais são as principais diferenças entre o Reino Unido e o Brasil?

Apesar da educação britânica e de estarem sempre prontos a ajudar, faltou um pequeno detalhe: o calor brasileiro. Um pequeno sorriso ao ser atendida em uma loja, um pequeno gesto amável de alguém que você não espera. Esse tempero brasileiro não há nos britânicos. Em resumo, eles seguem as etiquetas e nós, brasileiros somos sem formalidades.

Do que você vai sentir mais falta da Inglaterra?

“Fish and chip”s e os pubs. Eu adorava comer Fish and chips numa loja perto da casa onde vivia. E tinha um pub perto da minha casa que sempre visitávamos para uma boa e grande caneca de cerveja.

Você está gostando de estudar em Lisboa para o seu PHD?

Uma atmosfera bastante diferente da Inglesa, mas tenho uma vida muito tranquila na bela Lisboa. É uma cidade encantadora, com  história e o segundo lar do Brasileiro. Eu creio que todo brasileiro que vem para cá se sente em casa.

Qual carreira gostaria de seguir no future?

Eu actualmente estudo alterações climáticas e políticas de desenvolvimento sustentável. Gostaria muito de trabalhar em projectos internacionais em prol da sustentabilidade e melhor gestão dos recursos naturais.

Você teria algum conselho para dar a um estudante que deseje estudar no exterior pela primeira vez?

Recomendo severamente que aproveite essa experiência na sua totalidade, porque eu sai do Brasil a primeira vez com 22 anos e estudar no exterior é abrir os olhos para enxergar o mundo com mais tolerância e responsabilidade. Viajar é viver, é trocar de alma repetidas vezes.