Bruno Santos, ILSC, Vancouver

Bruno Santos

Bruno Santos

Origem: Vinhedo, SP

Estudando: Inglês

Por que você escolheu estudar no Canadá?

Em 2010 eu percebi quão importante o inglês é, então cheguei a conclusão de que eu deveria fazer um intercâmbio. Eu pesquisei muito para decidir qual país. Quando descobri mais sobre o Canadá e sua mistura maravilhosa de culturas e lindas paisagens, eu só queria parar de ler sobre outros países e saber mais e mais sobre o Canadá, acho que foi amor à primeira vista.

O que você mais gostou na escola?

O que eu mais gostei foi a maneira incrível com que eles juntam pessoas de diferentes nacionalidades em uma classe. Eu podia literalmente conhecer pessoas do mundo inteiro. Além disso, ILSC é um instituição muito organizada e seus funcionários estão sempre dispostos a ajudar.

O que você mais gostou sobre Vancouver?

Uma coisa maravilhosa é que Vancouver agrada a todos. É uma cidade multicultural muito linda, onde você vai achar pessoas muito educadas e respeitosas, que sempre estarão dispostas a lhe ajudar. É mais seguro do que qualquer lugar no Brasil. O verão em Vancouver é maravilhoso, todo mundo vai para praia, há muitos parques e lagos lindos. Durante o inverno, Vancouver é maravilhoso também! Há montanhas incríveis onde você pode fazer snowboard.

Você enfrentou algum tipo de “choque cultural” quando chegou?

Sim, porém um bom “choque”. Disseram-me que as pessoas no Brasil eram mais amigáveis do que em qualquer outro lugar, então isso me assustou. Quando cheguei em Vancouver, eu fiquei impressionado ao ver quão atenciosas e educadas as pessoas são, eu me senti em casa.

O que você mais sente falta do Canadá?

Eu, sem dúvida, sinto muito falta da atmosfera extraordinária que Vancouver tem. É incrível poder encontrar tantas pessoas legais de países diferentes.

Você tem algumas dicas para economizar dinheiro enquanto estudando fora?

Bom, quando você chega a uma cidade pela primeira vez, você vê muitas coisas diferentes que gostaria de experimentar ou comprar, o que é bom, mas elas podem ser bastante caras. Depois de um tempo, você conhece lugares mais baratos para comer ou fazer compras. Então, a melhor coisa a fazer é não comprar tudo que você quer de uma vez, mas esperar até que você esteja mais familiarizado com o lugar.

Como você acha que se beneficiou estudando fora?

Meu intercâmbio foi uma experiência educacional e social que me deu um único e complexo olhar de culturas e línguas. Eu não apenas apreendi, criei e melhorei habilidades para o meu crescimento profissional, mas para minha vida pessoal.

Que conselho você daria para um estudante brasileiro que vai estudar fora do país pela primeira vez?

Eu sei que isso é algo assustador de pensar. Quero dizer, você pensa que vai estar sozinho ou que vai ser difícil por causa da língua… Mas eu garanto que não é assim que funciona. Eu tenho apenas coisas boas para dizer sobre o tempo que passei no Canadá. É uma experiência que você vai se lembrar para sempre. Você deve apenas ficar com medo de que provavelmente você vai querer ficar mais tempo.