Ohio University: detalhes do programa Seminário Executivo de Marketing

Ohio University: detalhes do programa Seminário Executivo de Marketing

Na primeira parte da série, Nathália nos contou o que esperar da experiência como aluna da Ohio University, em Athens. Neste artigo, conheça mais detalhes  sobre o programa de estudos em Marketing.

Parte 2 – Ohio University: detalhes do programa Seminário Executivo de Marketing

Sempre que planejo uma viagem costumo criar altas expectativas a respeito, mesmo desejando ser surpreendida – positivamente, claro – e desta última vez não foi diferente. Me programei para passar 30 dias nos Estados Unidos, sendo 18 dias de viagem e 12 de estudos, com direito a estrear os 30 anos de idade em terras gringas. Há meses preparei os roteiros, estadias, passagens, budget e ‘preparo psicológico’ para o intensivo de férias na Ohio University, mas as informações foram chegando em doses homeopáticas… a verdade é que cheguei no aeroporto de Columbus sabendo muito pouco sobre o que iríamos estudar. O Seminário Executivo de Marketing está estruturado da seguinte forma:

  • As aulas são ministradas por professores da College of Business em diversos Halls do campus em Athens. Tivemos aulas no Walter Hall, Copeland Hall e no Nelson Commons;
  • Os cursos de Marketing e Business English tiveram 32h cada um;
  • A jornada de estudos é em tempo integral, das 9h às 12h e das 13h30 às 17h30;
  • Visitamos empresas na primeira sexta-feira do curso – nesta edição fomos à Fahlgren Mortine, agência de publicidade, e ao jornal The Columbus Dispatch;
  • Nos graduamos com cerimônia de entrega de certificados oficiais da OU.

  ohio university building            Nathalia graduating

No primeiro dia em que chegamos, a LAIOB organizou um transfer do aeroporto à universidade, chegamos aos dormitórios e nos preparamos para o jantar de boas vindas liderado por Scott Wright, diretor dos programas de educação executiva para a América Latina. No dia seguinte as aulas já começaram às 9h com Business English – falamos sobre estilo de comunicação pessoal, técnicas de apresentação, uso do inglês no ambiente de trabalho, além de uma série de truques para aumentar nossa fluência no idioma. Como o curso tinha um grupo de aproximadamente 80 brasileiros, fora da sala de aula praticávamos pouco inglês. A dica é fazer amizade com os outros estudantes no campus ou com os townies sempre que for passear pela Court Street, nem que seja para falar sobre o clima quente ou frio, pois o que importa é praticar.

O curso de marketing contou com professores acadêmicos e de mercado e falamos sobre: pesquisa de mercado, vendas e serviço, branding, segmentação e posicionamento. Deles, o melhor foi Tom Marchese, ex VP de diversas empresas americanas – Elmer’s, Papa Murphy’s, Bob Evans, Wendy’s, Hershey Chocolate, KFC e Nestlé. Tom é muito espirituoso e compartilha várias histórias do seu período nessas empresas, o que nos ajuda a fixar a matéria durante o estudo de caso.

Além do conhecimento, posso afirmar que o que mais levei dessa experiência foram as pessoas: novas amizades que fiz, o contato dos professores, os momentos em que trabalhamos em equipe entre nervos e gargalhadas, os ensaios para apresentar em público e a cerimônia de formatura. De Athens guardo as melhores memórias do verão americano junto aos meus colegas Bobcats.

 

Nathália Matychevicz é publicitária, freelancer e turista nas horas vagas.