Estudar Negócios na Austrália

Estudar Negócios na Austrália

Estudar Negócios na Austrália

A Austrália está entre os melhores lugares do mundo para viver e estudar. O clima é atrativo, com verões longos e quentes e invernos amenos. Algumas das paisagens mais belas do nosso planeta, como praias, corais e montanhas estão próximas aos nossos maiores centros populacionais. Dada a sua população, as cidades australianas estão constantemente super-representadas nas pesquisas de “melhores cidades do mundo para viver”, com cinco cidades australianas atualmente colocadas no top 10 no mundo (the Economist 2015). É importante mencionar, os custos de vida e de mensalidade oferecem um excelente custo-benefício em relação a países de padrão educacional, tecnológico e de padrão de vida comparáveis.

A Austrália construiu uma reputação por fornecer educação de alta qualidade e globalmente reconhecida e produziu alguns dos líderes acadêmicos em negócios, particularmente em contabilidade e finanças. Os diplomas australianos são reconhecidos ao redor do mundo e a credibilidade de uma educação australiana auxilia com a mobilidade e a entrada em uma carreira nos negócios.

sydney

Milhares de estudantes estudam na Austrália, com os programas de graduação em negócios sendo os mais populares. Aproximadamente 600.000 estudantes internacionais estão atualmente estudando na Austrália. Mais de um terço destes estão estudando em nossas universidades e a maioria dos estudantes internacionais matriculados em uma universidade estão cursando um programa em negócios. Estes incluem programas de graduação e de mestrado especializado, diplomas, MBAs, programas de mestrado de pesquisa avançada e programas de doutorado (Australian Education International).

A Austrália tem um alto nível de diversidade cultural. Vinte e seis (26) por cento da população permanente nasceu em outro país e mais 20 por cento são filhos de imigrantes (Australia Bureau of Statistics 2011 Census). De forma semelhante, seus estudantes internacionais vêm de um grande número de países. Trinta e três (33) por centro dos estudantes internacionais vêm do Nordeste da Ásia, principalmente da China, Hong Kong, Japão e Coréia; 19 por cento vêm do Sudeste da Ásia, principalmente de Cingapura, Malásia e Vietnã; 15 por cento vêm da Ásia Central, em particular da Índia; com 14 por cento vindo das Américas. Europa e África estão crescendo fortemente, com estudantes franceses, alemães e escandinavos sendo as nacionalidades mais comuns vindas da Europa.

Os níveis de taxa de matrícula refletem o prestígio e a localização da instituição e também a demanda de mercado por programas. A obrigação de todas as instituições australianas de cumprir com o Australian Qualifications Framework e o processo de auditoria TEQSA que acompanha fornece aos estudantes um quadro de garantia de qualidade que abrange todo o setor. A qualidade também é assinalada por selos de acreditação internacional. Um número significativo de escolas de negócios australianas é acreditada por um ou outro, ou ambos, dos principais órgãos de acreditação internacional, AACSB International (América do Norte) e EQUIS (Europa). As várias fontes de pesquisa externa regular minuciosa garantem que o currículo em nossas escolas de negócios seja mantido atualizado e reflita as necessidades de negócio modernas. Da perspectiva do estudante, isto significa que seus estudos os prepararão para suas futuras aspirações, sejam elas focadas na carreira ou em estudos posteriores. As atuais regras de visto australianas auxiliam no desenvolvimento da carreira, permitindo que a maioria dos estudantes negócios que estudam por dois anos ou mais permaneçam por mais dois anos para ganhar experiência de trabalho pós-estudo.

studying business in australia

As escolas de negócios vêm em várias formas: escolas grandes tradicionais, como as Universidades de Sydney, Melbourne e Western Australia, escolas com vários campi como as Univerisdades de Monash, Charles Sturt e Griffith; ou especialistas em educação à distância com a Universidade de Southern Queensland. Na Austrália os estudantes internacionais têm uma grande variedade de escolhas em termos de ambiente de estudo, sendo que aqueles que procuram as grandes cidades têm a possibilidade de escolher universidades como a RMIT e a Macquiarie, os que procuram cidades de médio porte podem escolher a Universidade de South Australia e a Curtin University of Technology, e para aqueles que preferem comunidades de aprendizado menores as opções incluem a Universidade da Tasmania e uma das Escolas de Negócios regionais como a James Cook University.

Os diplomas de negócios de graduação compreendem três anos de estudo em tempo integral equivalente e são ensinados em inglês. O primeiro ano tipicamente inclui oito cursos de fundação em áreas-chave de negócios como economia, contabilidade, gestão, organizações, finanças e marketing. Os estudantes então seguem uma área principal para estudar nos dois próximos anos. A área principal é um grupo de cursos sequenciais que focam em uma disciplina em particular. Os estudantes, portanto, precisam selecionar o conjunto de cursos que está mais alinhado com seus interesses e aspirações de carreira no fim do primeiro ano.

Diplomas duplos ou combinados também estão disponíveis. Os estudantes podem se matricular em dois programas simultaneamente e fazer metade dos cursos e cada uma de duas disciplinas. Diplomas combinados permitem aos estudantes obter uma qualificação em negócios e adicionar estudos em uma língua, ciência ou em artes. Os programas combinados geralmente levam mais tempo para completar (tipicamente, quatro a cinco anos).

buildings in brisbane

As escolas de negócios estão constantemente melhorando seus serviços estudantis internacionais. Associações de ex-alunos com braços internacionais podem ajudar com colocação do mercado de trabalho no país de origem, além de oferecer suporte geral e social e oportunidades de business networking.

Uma qualificação em negócios com estudo internacional e experiência de trabalho certamente parece ser proeminente na bagagem de muitos líderes de negócios globais. Por exemplo, um em cada três chefes executivos nas principais empresas nos EUA e na Austrália têm uma qualificação em negócios ou economia.

Dada a demanda global por graduados em negócios bem qualificados, nunca houve um tempo melhor para considerar obter um diploma em negócios australiano. O Australian Business Deans Council (ABDC) representa todas as escolas de negócios de universidades australianas nas quais um em cada três estudantes universitários australianos se formam. Nosso objetivo é avançar e promover o valor da excelência na educação e pesquisa em negócios trabalhando juntamente com a indústria, governo e a comunidade.

Mr. Stan Astachnowicz, Former International Network Chair, Australian Business Deans Council